Seja bem vindo ao Blog do Catira!

Blog oficial

"ENCONTRO NACIONAL DE CATIRA"

onde os grupos de catira se apresentam com o objetivo de mostrar essa dança brasileira de influências lusitana, espanhola e africana que misturada as nossas raízes indígenas se transformou nesse legítimo sapateado brasileiro.

Cultura brasileira junto as Manifestações Populares


quarta-feira, 16 de julho de 2014

terça-feira, 11 de junho de 2013

segunda-feira, 4 de abril de 2011

quinta-feira, 3 de março de 2011

quarta-feira, 2 de março de 2011

LUNDUM&CATIRA

   Encontro de folias de reis do Distrito Federal.


Foram realizados diversos eventos tradicionais e dentro deles a catira que no estado de Goiás essas duas culturas sempre estão juntas.


Todas as pessoas que compareceram puderam constatar que a nossa cultura brasileira pode contar com pessoas como Volmi, Marcelo Manzatt, Caroline Miranda, Affonso Furtado, para que nossa cultura seja levada a toda população brasileira.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Cultura para os Povos

Nunca deixe para depois...

Há tempos venho testando a minha intuição e o Jornal da Manhã me tem sido generoso ao permitir que em suas páginas eu possa registrar certos fatos. No último sábado tive mais uma comprovação. Na coluna ESPAÇO CULTURAL da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, de 11/07/10, ressaltei dentre outras pessoas, o Capitão de Folias de Reis Evaristo Torquato.

Nascido em Formiga (MG), para aqui veio jovem e com a Sra. Ilda Amaral Torquato criou sua honrada prole e desenvolveu por sessenta e dois anos o legítimo folclore voltado à Folia de Reis. Todo esse incansável trabalho o notabilizou a ponto de se tornar um referencial entre seus pares e ter o nome consignado em livros. No dia 03/07/10, mestre Evaristo recebeu a visita da pesquisadora francesa Madeleine Felix e dos professores Bernard Felix, Jadir de Morais Pessoa, Maria Aparecida Dame da Silva e Caroline de Miranda Borges. Num próximo livro francês sobre Reis Magos, estarão Uberaba e a vida de Evaristo Torquato.

No dia 20/01/2009, depois de rigorosa análise, o governo federal conferiu ao viajado Capitão o título de Mestre de Folias de Reis. Em Brasília, com todas as honras, recebeu a distinção oficial que representa Uberaba e o Triângulo Mineiro em todo o Brasil. Estes e outros méritos do Mestre justificaram o registro feito pela ALTM. A sua idade (86 anos) e o estado de saúde debilitado muito me preocupavam.

Evaristo não pode ecoar sua voz diante da homenagem que a Academia lhe prestou no domingo. Antes, às 23h do sábado, seu neto Wosley Torquato comunicou-nos o seu falecimento. Não havia mais tempo para que inseríssemos a triste notícia no jornal. Naquele instante lembrei-me do velho ditado: “Nunca deixar para amanhã o que podemos fazer hoje...”
Se esta crônica não fosse publicada hoje, talvez amanhã não pudéssemos fazê-lo. Quem saberia dizer, já que em vida somos todos mortais?

E Evaristo Torquato, nas páginas de livros e no coração dos seus seguidores, permanece imortal.

domingo, 18 de abril de 2010